Contos do Dragão

terça-feira, outubro 18, 2005

Phantasy Star - Início

Como disse no post anterior, estarei transcrevendo o que já foi escrito sobre o jogo Phantasy Star. Desejo lembrar que estou fazendo por mera diversão e como treino.

Bom, seria interessante falar um pouco sobre este jogo:
Phantasy Star foi um dos primeiros RPGs para o saudoso Master System e foi lançado no final de 87 no Japão e em 88 nos Estados Unidos. Não lembro ao certo quando foi lançado no Brasil, mas se não me engano foi o primeiro jogo deste console a ser traduzido para o português (o que ajudou um bocado, já que em jogos de RPG é fundamental entender as falas dos personagens).
Foi feito um remake para o Playstation 2, porém apenas lançado no Japão deste jogo.
Parece que a história está melhor explicada e os gráficos, nem preciso dizer que estão mil vezes melhores. Vou aguardar a versão americana (e até lá conseguir comprar um PS2), enquanto eu não aprendo a ler em japonês... rs

Agora o porquê de escrever justamente sobre este jogo? Simplesmente porque foi o primeiro RPG que joguei e simplesmente porque adorei as continuações que saíram para Mega Drive.

Vamos à história:

Planeta Palma Século 342,

O sistema Algol é constituído pelos 3 planetas: Palma - o planeta verde, Motavia - o planeta vermelho, e Dezoris - o planeta azul. É um sistema muito avançado e era um pacífico até Lashiec, tomar o controle após a morte do rei.
Esta história começa na cidade de Camineet, em Palma, onde Alis vive com seu irmão Nero. Este fazia parte de um grupo de resistência que pretendia acabar com o governo tirano de Lashiec.
Num dia que parecia como qualquer outro, Alis estava em sua casa quando de repente ouve tiros vindos do armazém ao lado de sua casa. Como sabia que Nero e seu grupo estavam ali, rapidamente foi ver o que acontecia.
Era exatamente o que ela imaginava: os policiais robôs haviam descoberto o grupo e sem piedade alguma, mataram a todos sem exceção.
Alis esperou que fossem embora e correu até Nero, que estava em seus últimos momentos.

"Nero o que aconteceu? Aguente firme!", dizia Alis.
Com muito esforço Nero respondeu: "Lashiec está trazendo calamidade ao nosso mundo. Eu tentei descobrir seus planos, porém sozinho não fui capaz de fazer nada.
Ouvi falar de um poderoso guerreiro chamado Odin. Se vocês combinarem suas forças, talvez sejam capazes de derrotar Lashiec e trazer a paz.
É tarde para mim. Me desculpe... por deixá-la sozinha."
"Sua morte não terá sido em vão meu querido irmão. Olhe por mim Nero", pensou Alis

Alis então se prepara para a maior aventura de sua vida...

Continua no próximo post...

Felicidades e força sempre!!!

4 Comments:

Postar um comentário

<< Home